Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Ação Judicial de Retorno para todos Trabalhadores Demitidos pela Estatal.


 
   
Aviso da Doutora Regina:

    Atenção, no dia 11/3, às 10 horas, vai haver Reunião Prévia com todos os Trabalhadores, na Praça Mauá (concentração em frente ao Museu do Amanhã). Veja o Convite: https://www.facebook.com/events/1687339488186536/.

    Nessa reunião, sexta, 26/2, foram apenas 18 pessoas. Acredita-se devido à reunião marcada pelos Advogados da RTR Advogados, no mesmo dia e horário da Reunião, na Praça Mauá, e total abstenção de união dos mais de 500 trabalhadores (as) demitidos arbitrariamente pelos militares da Marinha do Brasil.

Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), artigos 52 ao 54.
A ADMINISTRAÇÃO ESTATAL DA MARINHA ESTÁ DESCUMPRINDO A LEI E RETENDO SUAS CTPS POR MAIS DE 48 HORAS?
Denunciem essa Infração a Lei à Delegacia Regional do Trabalho-DRT e comunique o fato aos seus advogados.



    Como os Advogados do Escritório RTR Advogados, que defendem quase 200 trabalhadores da Estatal a terem direitos à CCT/Sinaval, mandaram seus clientes procurarem o Sindicato (ouça o áudio) para fazer essas Ações e que os trabalhadores devem entender a importância e apoiar a Ação Coletiva de Reintegração movida pelo Sindimetal Rio, por ser a forma certa de agir, talvez, dia 16 de março, dia da Audiência com Estatal, haja maior união e conscientização da parte dos trabalhadores e, com isso, haja número expressivo de demitidos motivados a fazerem suas partes diante dos direitos feridos por homens que usam fardas (mas burlam direitos civis), em  frente ao TRT .

    Lembro-os que, embora o pessoal do Sindimetal tenha dito, inúmeras vezes, não reconhecer outro sindicato que não seja o Sindimetal Rio a representar os trabalhadores da Estatal, por força de Sentença Judicial Transitada em Julgado, e que Técnica não é uma categoria profissional diferenciada regulamentadas por Lei (diferentemente das Profissões de Engenharia e Técnica em Medicina), mas ser apenas especialidade em alguma profissão pré-existente, naquela reunião do dia 24/2 (leia), o pessoal do Jurídico, daquela Entidade, foi claro não descartando a malícia e crueldade da Administração daquela Estatal em levar essa argumentação para o Juiz dizendo que há uma suposta categoria diferenciada dentro da Estatal representada por outro Sindicato (SINTEC RIO e SENGE), e que as mesmas foram ressalvada na Sentença da Juíza Gláucia, em 2011.

    Pelo que o Sindimetal Rio disse, eles foram ao TRT pedindo Retorno de todos os Trabalhadores Demitidos pela Estatal.

    É importante que os trabalhadores se reunam para entender essa realidade e traçar planos de ações de impacto, no dia da Audiência entre Sindimetal Rio e Juiz da 48ª Vara do Trabalho.
Leia mais aqui: http://metalurgicosdaemgepron.blogspot.com.br/2016/02/sindicato-convoca-trabalhadores.html.

    A omissão frente à bestialidade da parte da Administração daquela Estatal, seja sindical, política ou dos trabalhadores prejudicados, é igualmente covarde.


22 comentários:

  1. Meus amigos,

    Todos que me conhecem sabem que penso sobre os políticos e o sindicato.

    No dia 26, em reunião com os amigos na Praça Mauá, muitos deles falaram da atitude da nova direção do sindicato que parece ser mais atuante do que a diretoria anterior que não fizeram nada mesmo tendo a faca e o queijo na mão, que ficaram passivos e acomodados em relação a nossa situação.

    Esta nova diretoria deu entrada na 48ª vara do trabalho uma ação coletiva de reintegração que será julgada no dia 16 de Março de 2016 às 15 horas.

    Vamos dar um voto de confiança a esta diretoria comparecendo em massa a esta audiência. Vamos lutar pelos nossos direitos.

    Vamos mostrar a estes almirantes da emgepron que somos trabalhadores concursados! Que não entramos pela janela com aquele bando de comissionados. E nem tão pouco somos militares que abaixam a cabeça e diz “sim senhor”.

    Ass: João Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu joao que e nosso lide. joao me asseita no seu feice https://www.facebook.com/eduardoduartesantosmedeiros

      seu joao voce devia me ouvi e te ficado longe dessi rapais dessi blogue.agora os home ti mandarao em bora,com ele.mais deus e justo e so voce que vai vouta.essi dai os home nao dexa nao.

      Excluir
    2. juao esse sindicato nao presta nao.essi tau de jesus e comunita.elementi iguau esse alixandre ai.seu joao nao escrevi isso ai nao.voce vai vouta meu amigo.vamos pedi a deus.mais num intristesse os home nao.eles le isso daqui que esse dai dessi blogue escrevi.os home e nosso amigo.eles ta na crisi da dilma, do ptladrao.os home ganha bein porque a empresa e dos home ne do governo nao.e mintira.dessi ai.

      Excluir
    3. Está falando com quem agora João? Com os verdinhos ou com os técnicos também? Lembra quando você disse que os técnicos deveriam buscar o Sintec que só vocês chão de fábrica estavam dentro da seleção da empresa?

      O analfabeto está certo o seu João é o líder dele e de todos o verdinhos, do mesmo jeito que ele disse que a empresa estava certa. Agora aceita João a empresa está certa de fazer aquela lista. Deu um pé na bunda dos 570 e pretende dar a volta do século nao pagando ninguem. Fala agora que o sindicato é só dos verdinhos e que ele deve lutar so por vocês.

      Eu odeio esse comunista de merda desse blog tanto quanto odeio os petralhas. Só que não esqueci que esse mesmo ai, o seu João, debochou da gente. ch

      Excluir
    4. Sr.João estarei lá.esta reintegração é geral? Sou adm.tem que fazer algum cadastro no sindicato?

      Excluir
  2. Rapaziada eu também estava lá no rtr. A coisa e seria. A gente tem que pressionar o sindicato e marcar um bom numero naquela reuniao dia 16. Nossos distinos esta na mão da empresa,desse sindicato e desse juiz.

    vamos parar de pirraça e todo mundo parti pra la dia 16.

    Anal fabeto, já foi se fud... hoje?

    ResponderExcluir
  3. Esse cara ai é maior pela saco;que botar a culpa nos outros! O senhor A"nem o senhor B",tem culpa de nada.
    ..pois o culpados vomos nós todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não defende ele não. Esse Alexandre é culpado sim. Não vale porra nenhuma. Metido a sabe tudo e deu nisso. Seu João é nosso lider sim. O Analfabeto tem razão. Quer ver pergunta se o sintec entrou com ação pra proteger os tecnicos? Viu como seu João tem razão. sintec e dos tecnicos e metalurgicos e dos metalurgicos. Seu João ta certo sim.

      Seu João é só marcar dia e hora que a gente vai fechar a rio branco. todo mundo vai. So verdinho. Fora Comunista de merda agente nao precisa desse blog agora agente tem grupo no zap. Melhor do que essa merda aqui. Eu avisei, o analfabeto avisou mas ninguem ouviu gente seguiu.

      Excluir
  4. Voces ficam discutindo egos. Mas temos que nos focarmos em nossas situaçoes financeiras pois essa merreca que todo mundo recebeu que em sua grande msioria veio errada vai acabar e o fundo com essa açao de reintegraçao ficou retido ou seja preso estamos todos no mesmo barco desempregados. Nao adiantou nada o tecnico cagoetar o operario para ficar bemcom a chefia pois essa mesma chefia o colocou na rua somos apenas nada muita gente que se julgava muito boa deixou de ser acabou junto com os ruins. Para a emgepron isso nao e relevante somos apenas cabeças que eles lucram

    ResponderExcluir
  5. Voces ficam discutindo egos. Mas temos que nos focarmos em nossas situaçoes financeiras pois essa merreca que todo mundo recebeu que em sua grande msioria veio errada vai acabar e o fundo com essa açao de reintegraçao ficou retido ou seja preso estamos todos no mesmo barco desempregados. Nao adiantou nada o tecnico cagoetar o operario para ficar bemcom a chefia pois essa mesma chefia o colocou na rua somos apenas nada muita gente que se julgava muito boa deixou de ser acabou junto com os ruins. Para a emgepron isso nao e relevante somos apenas cabeças que eles lucram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você.

      Vocês têm que focar na situação financeira. Se unirem mais, pois a dor da injustiça é de todos.

      Ass: Maria Aparecida

      Excluir
    2. "fundo com essa açao de reintegraçao ficou retido ou seja preso"

      Não houve nem sentença favorável à Estatal e o fundo FGTS já está retido?

      Não é que eu duvide dessa possibilidade, mas já estar retido... sei não.

      Excluir
    3. Voce pensa que sabe mais do que os advogados Alexandre?

      Se os advogados falaram ta falado. O fgts ta preso por causa do processo de reintegração e pronto.

      Excluir
  6. A falta de informação correta e a continuidade da rádio peão aqui fora... demonstra a fragilidade desses trabalhadores (Existe exceções) que por sua vez querem reintegração, serem reconhecidos como metalúrgicos.... mas ficam em casa sentado no sofá, pois quando é convocado para reuniões ou outros atos.. simplesmente não aparece e quando da o ar da graça é só asneira... Alexandre fico imaginando o quanto você se diverte com essas figuras e ilario... lá na fábrica tinha e tem também pessoas assim... que andam, falam e se comportam como papagaios, ou seja, saí repetindo tudo que houve sem investigar e averiguar os fatos.
    Boa semana Alexandre e divirta-se
    Kkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é divertido não. Ser ofendido por anônimos, entendendo o objetivo, não é nada hilário. Provo isso quando desativei espaço para comentários, só reativei com a iminência dessas demissões em massa. Mas, vou desativar novamente. Mas um dos anônimos tem razão quando diz que os Grupos no WhatsApp podem fazer a vez desse espaço para comentários (para mim, tem sido fardo).

      Excluir
  7. Alexandre não duvido nada que tem pau mandado a serviço da emgepron, com objetivos apenas de fechar este canal de integração, os comentários deveria ser filtrados e, não fechado
    Pois maioria tem importância de comunicação social.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pense por outro ângulo, ou melhor do meu:Para evitar aquelas ofensas pessoais que havia no Blog, iniciei a moderação (acredite, há comentários que não publicados, caso fossem a maioria se escandalizaria). Agora, se tenho que ler ofensas (ler é o desgaste), não vejo porque não publicar.

      Em meu cansaço, prefiro fechar os comentários.

      Esse momento de demissão e transição até os trabalhadores se resolverem vai passar. O Blog continua aberto, até porque aqui é prova de que se lutaram contra uma covardia e foram vingados pelos que se incomodaram.

      Obrigado pelo apoio e conselho.

      Excluir
    2. Eu também agradeço,acredito
      que um dia se fará justiça e,teremos de volta o que conquistamos em concurso.


      Excluir
  8. BOM DIA ALEXANDRE. ANTES DE VOCÊ FECHAR OS COMENTARIOS DO BLOG, GOSTARIA DE DEIXAR REGISTRADO O MEU INCONDICIONAL APOIO A VOCÊ É A LUTA DE TODOS METALURGICOS. SE VOCÊ SE DIVERTE OU NAO QUEM QUEIRA SABER SOBRE O QUE VENHA OCORRER AO LONGO DESSA CAMINHADA, QUE BUSQUEM APROXIMIDADE E COMPROMETIMENTO COM OS DEMAIS COMPANHEIROS ENVOLVIDOS VERDADEIRAMENTE COM A CAUSA.
    ABRAÇOS.
    ASS. OCIMAR

    ResponderExcluir
  9. amigos vamos dia 16 lutar pelos nossos direitos,amigo alexandre estarei com vcs no dia 16,vamos comunicar nossos amigos.um abraço,

    ResponderExcluir

Quando um homem perde a fé em algo, ele perde a motivação de lutar por esse algo.

Devida situação atípica, os Comentários estão abertos.