Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Demissões na Estatal Emgepron em junho de 2018.


Peço que compartilhem nos grupos de whatsapp
A convite do Advogado, Doutor João Paulo (vídeo) estive no gabinete do Pré-Candidato a Deputado Estadual Sandro Capadócia.



 
    Muitos me perguntam porque não tenho escrito nesse Blog. A resposta é, invariavelmente, que não tenho conhecimento sobre nada do que ocorre dentro dessa Estatal. Antes de ser demitido, eu respirava o mesmo ar pesado, conseguia absorver tudo que ocorria. Depois que saí não tive retorno dos que ficaram, daí, a ineficácia de Blog.



    Sobre o encontro: Diferentemente de tantos políticos que tentamos entrar em contato, desde 2010 até 2015, e nunca tivemos respostas, Sandro Capadócia me recebeu muito bem. Tenho certeza de que, se os trabalhadores quiserem, ele vai estar com as portas abertas para conversar.

    Nesse encontro, conversamos sobre a questão das estatais e da Emgepron e expomos as questões sobre as demissões na Emgepron. Ele acenou com a possibilidade de ouvir os trabalhadores.

    Mesmo sendo candidato pelo Estado, Sandro Capadócia, se solicitado por nós, pode  auxiliar os trabalhadores da Emgepron através da ALERJ. A ALERJ tem a Comissão de Trabalho, Legislação Social E Seguridade Social que pode ser acionada contra a Estatal nas questões trabalhistas ignoradas, como essas vergonhosas demissões em massa.

    Até onde sei, o Candidato pode ajudar os trabalhadores nessa questão, porque, como é sabido, a Emgepron age ao arrepio da Lei, como agiu nessa última demissão de junho 2018 e em todas as outras.

    Os trabalhadores são empregados públicos concursados e, ainda asssim, a Administração Militar da Estatal não abre Pedido de Demissão Voluntária, PDV: CLT, no art. 477.

    Uma vez que a empresa alega demitir em massa por motivos de equilíbrio econômico entre renovações de contratos com Arsenal de Marinha, não poderia demitir os empregados públicos que acha que deve demitir, há regras para isso. Sem negociação, sem ciência do sindicato, a Estatal age como se fosse autossuficiente e não é.

    Por isso, peço aos trabalhadores que pensem. Formem comissão e conversem, se organizem, discutem a situação e lutem.

https://www.facebook.com/sandrocapadocia23/

    Até onde pesquisei, Sandro Capadócia tem o apoio da Arquidiocese do Rio e trabalha nas comunidades com ações sociais.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Recado da Doutora Regina aos trabalhadores e ex-trabalhadores.

Divulguem

    Regina Adv. Advogada: Alexandre boa noite tudo bem

    Regina Adv. Advogada: Venho por meio desta pedir que vc divulgue o seguinte:

    Regina Adv. Advogada: Peço lhe a gentileza de divulgar no blogue devido ao alcance do mesmo aos outros trabalhadores.

    Regina Adv. Advogada: O escritório vem desde 2015 trabalhando arduamente na luta e nos interesses dos funcionários e ex funcionários da Engeprom. Certo que após a demissão em massa ocorrida em 2016 o nosso trabalho aumento principalmente o meu, incluindo sábado domingo feriado e recesso. Esse ano o número de audiências foi tanto que todos os dias chegando às 8 para realizar as audiências de todos . Tenho me empenhado ao máximo, não é fácil a tarefa é árdua e nunca disse que seria diferente. Infelizmente a tramitação processual e demorada trabalhosa e a matéria em discussão não é simplória. Estamos trabalhando arduamente desde 2015. Ocorre que tem alguns trabalhadores que tem processo com nosso escritório e colocou ação idêntica com outro escritório. Não pode. O trabalhador não pode ter dois processos requerendo a reintegração. O trabalhador que fizer isso pode ser condenado em custas, bem como pode ser condenado por litigância de má fé.

    Regina Adv. Advogada: Portanto atenção

    Regina Adv. Advogada: Grata

    Regina Adv. Advogada: Obrigado 😊 fique com Deus



terça-feira, 12 de setembro de 2017

Reajuste no Plano de Saúde Compromete o baixo Salário dos Trabalhadores da Estatal.





Nilo fala sobre o estrangulamento da mensalidade do PAMSE

    Clique no link, acima, e ouça.

Pamse compromete até 50% do piso salarial dos trabalhadores.


    Nilo Sérgio pede aos trabalhadores da Estatal que se unam a ele em Atos contra o aumento abusivo no Plano de Saúde que deixou a vida familiar dos trabalhadores ainda mais sufocada que antes.

    O Reajuste do Plano de Saúde para um valor estratosférico sobre um reajuste salarial pífio é um ato covarde da Administração militar da Estatal contra os assalariados trabalhadores.

    Nilo está em contato com o Sindicato sobre a organização desse Ato.

Leia também:

trabalhadores-da-estatal-sofrem-novas.html
esta-rolando-no-whatsapp.html