Se os Empregados da Estatal se unirem, a força dos Militares da Marinha que Administram a Estatal não será superior a nossa união: "Unam-se, pelo menos uma vez que seja, em defesa de vocês mesmos e suas famílias".


Relatório do MPOG/DEST: Diante de argumentos dos Advogados da Estatal à Juízes, essa posição do Governo sobre ser a Estatal uma Indústria pode fazê-los entender que a Estatal não é meramente burocrática atuante somente em Gerenciamentos de Projetos da Marinha, mas atuante na Indústria Bélica e Naval.
http://www.planejamento.gov.br/secretarias/upload/arquivo/dest-1/relatorio-anual/rel_2013_ano_base_2012_2.pdf


  Na cena, um Búfalo luta contra leões, expondo a própria vida em defesa de um pequeno filhote bezerro.

   Depois de quase perder o filhote para os leões, a manada de búfalos que fugiu volta e ataca os leões, pondo-os em fuga.

   Companheiros, cada um de nós é fraco demais para enfrentar a máquina de Estado que é a Estatal, o Drº Medina e a AGU, mas os 1700, homens e mulheres, juntos, são uma força incomensurável... Uma força que pode mudar o quadro de injustiça: Onde já se viu uma Estatal publicar em Diário Oficial da União a Contratação de uma Empresa por quase UM MILHÃO DE REAIS para fazer um Plano de Cargos e Salários "PCS" e não haver nenhum resultado...?

   Somos vítimas de uma covardia cruel, desumana, de uma profundidade terrível...

   No campo Judicial, a Estatal tem a Advocacia Geral da União, que tem demostrado um vivo interesse em manter as coisas como estão, tem o Drº Medina, contratado por UM MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS e o Judiciário que não inspira confiança, vide a posição dúbia da Juíza Gláucia Zuccari, em 23/9/14.

  Unam-se, pelo menos uma vez que seja, em defesa de vocês mesmos e suas famílias.








Postagens mais visitadas deste blog

Recado da Doutora Regina aos trabalhadores e ex-trabalhadores.

Trabalhadores da Estatal sofrem novas demissões em massa hoje.

Demissões na Estatal Emgepron em junho de 2018.