Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

UM DINHEIRO QUE PODERIA ESTAR AJUDANDO, NESSE MOMENTO, O SUSTENTO DAS CASAS DOS PRÓPRIOS TRABALHADORES.


    
    
    QUANTO A MARINHA DO BRASIL COBRA PARA VOCÊ, TRABALHADOR, ALMOÇAR NO RANCHO DAS ORGANIZAÇÕES DA MARINHA?



(Os valores citados abaixo são circunstanciado à interpretação pessoal das informações repassada a mim através do Protocolo 99925000026201588 aberto no site Acesso à Informação ao Cidadão da CGU.)




Resposta ao Pedido de informação que não foi respondida totalmente, infelizmente.
Recurso à Resposta ao Pedido de Informação (imagem anterior) que considerei incompleta.
     Quanto pagamos para Almoçar nos Ranchos do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro (AMRJ), Laboratório Farmacêutico da Marinha, Fábrica de Munição da Marinha?

Nesse esmagamento salarial, imposto aos Trabalhadores pela Estatal porque as Organizações Militares da Marinha não podem (ou melhor, não querem) pagar por melhores salários aos Trabalhadores saberemos quanto é repassado. Esse dinheiro deveria vir para os Bolsos dos Sofridos Trabalhadores da Estatal Emgepron.


Os Trabalhadores e suas famílias sofrem com os baixos salários que, na maioria dos casos, não cobrem a compra básica alimentar no mês; mas, montanha de dinheiro é, ao que leva a crer, repassada às Organizações da Marinha do Brasil.

ESSE É UM DINHEIRO QUE PODERIA ESTAR AJUDANDO, NESSE MOMENTO, O SUSTENTO DAS CASAS DOS PRÓPRIOS TRABALHADORES:
  • São R$ 7,80 por dia útil = 22 dias: R$ 7,80 X 22 R$ 171,60.

Somos 928 Trabalhadores, só no Arsenal de Marinha(AMRJ):

(devido a alta rotatividade de trabalhadores, o número acima não pode ser um número preciso)

Então,

R$ 171,60 X 928 = R$ 159.244,80 (CENTO E CINQUENTA E NOVE MIL E DUZENTOS E QUARENTA E QUATRO REAIS E OITENTA CENTAVOS).

Somos, aproximadamente, 1800 concursados a serviço da Estatal nas OM's da Marinha do Brasil:
  • 1800 X R$ 171,60 = R$ 308.880,00 (TREZENTOS E OITO MIL E OITOCENTOS E OITENTA REAIS).
(Ao que leva a crer, esses valores são pagos pela Estatal, todo mês, ao AMRJ e as outras Organizações Militar da Marinha do Brasil "OM's", todo mês, onde hajam Concursados da Estatal Emgepron).

    SENDO QUE MENOS DE 1/3 DOS TRABALHADORES, NO AMRJ, FAZ SUAS REFEIÇÕES NO RANCHO, PENSEM.
(o percentual mencionado acima é simples observação ao número de trabalhadors que almoçam no Rancho do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro "AMRJ").


A "VIDA LIGHT" é uma Micro Empresa (ME) com vários contratos com Órgãos Públicos.

Um comentário:

  1. Na resposta da Estatal exposta no texto, acima, a Estatal diz que, em algumas situações, os valores cobrados pelas Organizações Militares da Marinha para os trabalhadores poderem almoçar nos Ranchos não são repassados às OM'se, enquanto o impedimento citado persistir.


    http://4.bp.blogspot.com/-LCg-LkWrItM/Vnnn7LIHqDI/AAAAAAAARgY/RXNWuhl4MMs/s1600/A.png

    ResponderExcluir

Quando um homem perde a fé em algo, ele perde a motivação de lutar por esse algo.

Devida situação atípica, os Comentários estão abertos.