Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Redução do número de cipeiros.





Aos cipeiros, 

    O Jurídico do Sindicato entrou com denúncias junto ao Ministério Público. Uma vez que essa suposta redução do número de representantes dos trabalhadores na CIPA pode vir implicar em redução do número de trabalhadores, é dever dos cipeiros levar a Ata em que consta essa informação ao Jurídico do Sindicato para que eles possam analisar e anexar esse documento às denúncias já abertas.


 

Lembro aos cipeiros que na Reunião que tivemos no Auditório do Sindicato dos Correios a Advogada do Sindicato nos disse que a Administração da Estatal não poderia ter feito a demissão em massa na Fábrica de Munição da Marinha "FAJCMC" sem antes o Sindicato ter sido comunicado.

    É importante que os trabalhadores entrem com seus processos de reintegrações.

7 comentários:

  1. É nessa hora que até o blogueiro comunista chora. Oo blog vai ficar sem blogueiro logo logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo logo? rs rs rs
      Estou ouvindo isso desde quando o Alexandre assumiu publicamente.
      E olha que já tem alguns anos...

      Faz o seguinte já que vc faz questão aqui de deixar seu recado e continua se doendo dando ibope ao blogueiro.

      ACEITA QUE DÓI MENOS...KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    2. Fica fora disso anônimo porque não estou falando grego com ele, ele sabe bem do que estou falando.......................

      Excluir
    3. Desde pequeno, aprendi que, quem quer atacar para valer, não avisa. No popular, cachorro que ladra não morde.

      Mas, estou aí, tranquilo e relaxado, sem temor, sem suplicar.... Que seja o que vier.

      Esse Blog, ainda que articulando de forma diferente do outro Blog, deu continuidade ao Blog do Olho Vivo. O Blog dele era anônimo e todos que liam, exceto alguns que discordam da luta, se identificavam.

      Não desejei chamar a atenção para mim, mas quem não deveria saber da atuação desse trabalhador através do Blog já sabia, então pra que me ocultar de um diálogo direto?

      Há um preço por escrever o que escrevo: um deles é a frustração de não poder fazer mais por ter entendido o futuro e não ter conseguido fazer todos entenderem que era preciso se precaver.

      Eu, João, Fomfom, Nilo e outros temos a consciência tranquila de que tentamos.

      Esse Blog continua...

      Excluir
  2. Fica fora disso anônimo porque não estou falando grego com ele, ele sabe bem do que estou falando.......................

    ------------------------------------------------------x----------------------------------------------------------

    Ficar fora??? kkkkk

    Já estou dentro e a muito tempo... Sou mais 1 "colaborador" das centenas de processos que a instituição na qual vc vêm aqui defender com unhas e teclas...

    Já falei e volto a repetir:

    ACEITA QUE DÓI MENOS...rs

    ResponderExcluir
  3. o popular, cachorro que ladra não morde.

    ai a gora ele chamo os homem tudo de cachoro,
    essi rapais nao respeita os homem.aindanum sei se os homem nao mandarao ele prarua.si ele ja foce mandado em bora os pessoal nem tavao prossessano aempresa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir

Quando um homem perde a fé em algo, ele perde a motivação de lutar por esse algo.

Devida situação atípica, os Comentários estão abertos.