Jesus é o Primeiro trabalhador a ter seu Piso Salarial reajustado igual ao da CCT/SINAVAL pela Administração da Estatal. Uma justiça aos trabalhadores que começa a ser tornar realidade através de Órdem Judicial.

Jesus tem tido sua causa trabalhista defendida pela Doutora Regina Peres de Abreu, de Niterói.

Segundo os Advogados que têm defendido as ações individuais dos Trabalhadores, o prazo da Sentença que tramitou em Julgado em 2013, no TST, termina agora, em SETEMBRO de 2015. 

   
Segundo a Juíza Gláucia (áudio), ela não aplicará sentença coletiva nesse Processo coletivo 0168800-03-2005-5-01-0021. Na opinião da Juíza Gláucia, é obrigação de cada Trabalhador pedir esse direito individualmente na Justiça. Mas a Execução de qualquer sentença tem prazo de dois anos, depois caduca. O assunto sobre a validade da sentença é polêmico, mas é melhor não bobear (leia).

  Senhor Deputado Federal Chico Alencar (em respeito ao Projeto de Lei 1.128/2011),senhor Deputado Federal Décio Lima (em...

Postagens mais visitadas deste blog

Recado da Doutora Regina aos trabalhadores e ex-trabalhadores.

Trabalhadores da Estatal sofrem novas demissões em massa hoje.

Demissões na Estatal Emgepron em junho de 2018.