Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

terça-feira, 29 de março de 2016

ATO UNIFICADO DOS TRABALHADORES NA PRAÇA MAUÁ, HOJE, DIA 29/3.

    HOJE, ATO UNIFICADO DOS TRABALHADORES NA PRAÇA MAUÁ, ÀS 16 HORAS.
O SINDICATO ESTARÁ PRESENTE.

    Jonas pediu para avisar que após à Manifestação haverá Assembleia Geral dos Trabalhadores na Sede do Sindimetal Rio (leia).


   Para os Trabalhadores da Estatal da Marinha do Brasil (EMGEPRON),
Dia 1º de Maio (Dia do Trabalhador) sempre foi igual ao 1º de Abril (Dia
da Mentira e do Golpe Militar). 

http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=21&data=10%2F06%2F2015.

5 comentários:

  1. Essa reunião NO sindicato eh em benefício dos funcionário da emgepron

    ResponderExcluir
  2. Porquê oh sindicato não contrata um adevogado de peso pra nos defender affinal oh dinheiro eh nosso uma vez por ano desconto de 1700 funcionários eh muito dinheiro

    ResponderExcluir
  3. Porquê oh sindicato não contrata um adevogado de peso pra nos defender affinal oh dinheiro eh nosso uma vez por ano desconto de 1700 funcionários eh muito dinheiro

    ResponderExcluir
  4. Alexandre o nome do deputado esta com nilo.ele quer conversa com vc pelo facebook. ja convercei com ele.agora vc conversa pra gente agendar com sua secretaria.o dia para ele nos receber.esse deputado nao e o mesmo o qual eu ti dei o cartao.e outro bem mais interessado na nossa luta o nome dele esta com nilo e o tel tambem.conversa com ele no facebook.ele esta aguardando.ele responde em no maximo uma hora.ele ja esta sabendo de tudo so nao liguei pra agenda porque nao estou com telefone fixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vê as fotos dos que tentaram denunciar a Estatal e suas arbitrariedades contra o direito na RUA, companheiro? Você se visualizou nelas...?

      Você se visualizou nas fotos do dia 26/2?

      Ou nas fotos tiradas no TRT em 16/3?

      Você sabia que essa luta é tão monitorada pela Marinha que a CENIMAR enviou um agente dela para fotografar os trabalhadores?

      Você sabia que por ter tido coragem de lutar por você, por vocês que não foram ao ATO e por ele mesmo e suas família, um Trabalhador da FAJ, ao ter sua fotografia publicada na Fanpage do Sindimetal Rio e da do Blog foi sumariamente demitido, no dia seguinte ao ATO, no TRT, em 16/3?

      Saiba você que esse trabalhador não se arrependeu de ter sofrido uma covardia tão brutal (quando a Estatal se comprometeu a não demitir até a sentença do dia 09/5) por ter feito o que considerava ser direito de lutar por seus próprios direitos a não serem demitidos e dos que foram demitidos.

      Aí você vem me pedir que entre em contato com um político para falar de "nossa luta"?

      Qual é o interesse dos que não foram demitidos e dos que ainda não foram em lutar contra a covardia da Administração Militar no controle da Estatal? Na verdade, estão confortáveis pelo Juiz ter mandado os Oficiais da Marinha suspender, temporariamente, a caçada a vocês.

      Qual é o interesse dos 550 demitidos, que não vão à Rua protestar para dar publicidade nas ruas ao crime contra o Direito? Há uma total falta de interesse dos 1700 trabalhadores, pois vocês estão confiando na justiça e se conformarão com a decisão vindo dela.

      A maioria dos que estão aí dentro, estão felizes pelo suspender fogo temporário forçado à Estatal. Isso é mérito do jurídico do Sindimetal Rio que a maioria dos trabalhadores critica (isso foi conseguido pelas Advogadas do Sindicato); fato esse que desesperou o Oficial da Marinha presente à Audiência que disse que "se não pudesse demiti-los não poderia homologar os que foram demitidos". E, ainda procuram esquecer que os Oficiais da Marinha estão babando de vontade de continuar suas sanha de demitir os amedrontados trabalhadores que ainda não foram demitidos?, e, no mínimo, continuar com a política de má remuneração contanto com a conivência pelo medo e coação dos que forem "agraciados" em não estar na tal segunda lista.

      Estão esperando passar para o Quadro da AMAZUL sem concurso público? Estão esperando passar para o quadro da União sem concurso público? É isso que os militares estão divulgando pelos boatos para morfinar as mentes de vocês?

      A falta de interesses de vocês se envolverem (se queimarem com suas "chefias") nessa luta contra injustiça está demonstrada cabalmente quando se recusaram a ir protestar nas Convocações para ATOS no dia 26/2, no TRT 16/3 e ontem, dia 29/3 (isso sem falar nos ATOS convocados antes dessa barbárie ter acontecido dia 12/2, como os Protestos na Escadaria do AMRJ, o ATO no HEMORIO, nos do TRT e outros).

      Você viu quantos dos 570 demitidos estavam na Praça Mauá no dia 26/2 e 29/3?

      Não estou querendo voltar para Emgepron, Companheiro. Isso não está nos meu planos. Meu negócio é tornar pública a sacanagem que os militares fazem sem sofrer resistência dos amedrontados trabalhadores. É isso que me revolta: a covardia nessa Estatal.

      Por outro lado, estou profundamente revoltado com a covardia dos trabalhadores e ex-trabalhadores, e essa covardia me dá ânsia de vômito.

      Não conte comigo para entrar em contato com esse político. Nem se Nilo pedir, Nilo é o trabalhador da Estatal que mais tenho respeito, eu vou fazer isso.

      E pode acreditar, a Administração do Arsenal de Marinha, FEMAR e Emgepron estão tendo notícias minhas por outro meio de luta que também exige muita coragem. Elas terão que tirar o traseiro das suas poltronas confortáveis e pedir aos seus motoristas que as levem a determinado local por força judicial (ou as seus advogados).

      Excluir

Quando um homem perde a fé em algo, ele perde a motivação de lutar por esse algo.

Devida situação atípica, os Comentários estão abertos.