Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Temos que dar um voto de confiança ao almirante Mário, diretor do Arsenal.

Meus amigos.

Temos que dar um voto de confiança ao almirante Mário, diretor do Arsenal. Porque foi do interesse dele em nos ouvir. Ele marcou dia e horário para nos recebermos. Agora se ele vai conseguir fazer alguma coisa é esperar para ver.

Agora não havendo nenhum resultado, cabe a nós tomarmos uma atitude para sermos ouvidos ou vamos para frente da sede, ou Hemorio, ou para a ponte; mas, com certeza, temos que tomar uma atitude para sairmos desta miséria salarial.

Vamos mostrar aos diretores da EMGEPRON que não adianta vir com desculpas esfarrapadas como a desse orçamento, PCS e que o país está assim e assado. Não dá mais para engolir esta situação.

E para aquelas pessoas, que acham que a empresa do jeito que estar está bom. É só olhar para o lado que verá pessoas com 15, 20 anos de empresa que está ganhando um salário de miséria. Uma coisa tenho certeza, pior que estar não vai ficar, cabe a nós, trabalhadores, mudar está situação.



Ass: xxxxxx




Um comentário:

  1. Só gostaria de dizer que compactuo com o desejo de que algo seja feito. Ao meu ver não podemos simplesmente esperar calados nos apegando a uma esperança de melhora. Temos que lutar pelo que é nosso de direito sim! Pelas reuniões que participei pude ver como é difícil reunir os trabalhadores, mas vi também homens de coragem que mesmo com visões diferentes continuam a lutar. E é essa coragem que eu acredito poder inflamar o coração daqueles que ainda possuem medo ou receio de se juntarem a essa luta tão nobre.

    ResponderExcluir

Quando um homem perde a fé em algo, ele perde a motivação de lutar por esse algo.

Devida situação atípica, os Comentários estão abertos.