Tivemos, nesta semana, um exemplo do que temos que fazer para chamar a atenção da população para a situação na qual vivemos, neste estado de miséria salarial.


As fotos foram copiadas do site G1 (vejam).

Funcionários do COMPERJ fecharam a Ponte Rio-Niterói




Meus amigos, tivemos nesta semana um exemplo do que temos que fazer para chamar a atenção da população para a situação na qual vivemos, neste estado de miséria salarial. Mostrar, mesmo trabalhando em uma estatal da Marinha, nosso salário de passar fome.


Vamos fazer uma faixa com o nome da empresa para mostrar as pessoas que estamos lutando pelos nossos direitos e que a Justiça está a nosso favor.


No dia e hora marcada, sairemos para pegar o ônibus e soltaremos próximo ao Mocanguê e de lá sairemos em direção ao Rio.


Peço a todos que fiquem atento para esse dia, pois será o dia do nosso grito de liberdade, que será ouvido por essa diretoria insensível, que será ouvido em Brasília, no Brasil e pelo restante do mundo!



Ass: xxxxx

   A ideia é excelente e possível de se pôr em prática e, uma vez que já foi explorada pelos Trabalhadores da COMPERJ e foi bem sucedida, a imprensa irá cobrir nosso ATO e divulgar a motivação. Um ATO como esse pode decidir no TRT essa Ação Rescisória que nos prejudicará, caso venha ser vencida pelo Advogado Drº Medina. 

  Mas, como falei com xxxx por telefone, devemos discutir, de forma ampla, os detalhes desse ATO com os demais trabalhadores.

   Companheiros, todos esses planos de Ação precisam contar com a força de apoio dos Trabalhadores. ATOS como esses só fracassam se houver medo  e covardia mesclados.

   É natural que haja medo de demissão, retaliação, etc., mas pensem em suas famílias em casa, isso trará coragem.

Postagens mais visitadas deste blog

Recado da Doutora Regina aos trabalhadores e ex-trabalhadores.

Trabalhadores da Estatal sofrem novas demissões em massa hoje.

Demissões na Estatal Emgepron em junho de 2018.