Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

quinta-feira, 16 de abril de 2015

A ausência da maioria pode fazer com que os presentes decidam algo importante que pode prejudicar.

"Emgepron entrou com pedido de embargo de sentença que reconhece os direitos dos trabalhadores desta empresa com metalúrgicos do Setor Naval. Porém, o Tribunal Regional do Trabalho, através da Desembargadora Sayonara Grillo Coutinho Leonardo da Silva, rejeitou o pedido".
   

   Essa afirmação, acima,  no SITE do Sindimetal Rio (clique), se refere ao Pedido de Tutela
Antecipada feito pelo Drº Luís Otávio Medina Maia, em 03/11/14. Em suma, a Desembargadora resume o pedido do Drº Medina dizendo: (...), sendo que somente em casos excepcionais autoriza-se a concessão da antecipação da tutela e de medida liminar para suspender os efeitos da coisa julgada, que tem envergadura constitucional

Como pôde-se notar, não se trata de nenhuma novidade ou finalização da Ação Rescisória aberta pelo Drº Medina contra a Representatividade do Sindimetal Rio aos Empregados Públicos da Estatal.
ASSEMBLEIA GERAL

   Ir nessa Assembleia Geral é uma responsabilidade nossa. As respostas que tenho obtido dos Trabalhadores continuam sendo de pessimismo, omissão, irresponsabilidade. As respostas variam desde ofensivas a mim como uso do jargão: "minha luta agora é na justiça". Então o que que eu vou fazer lá?

   A Estatal registrou em Ofício a convocação ao Sindicato, o Sindicato compareceu a convocação, houve propostas e contrapropostas de ambos... É nosso direito saber o que foi proposto, o que foi discutido e é nossa responsabilidade votar SIM ou NÃO, na Assembleia Geral.

   A ausência da maioria pode fazer com que os presentes decidam algo importante que pode prejudicar (ou ajudar) a todos.

  Lembrem-se que não existe lei que prevê qualquer quórum para o funcionamento e deliberação em Assembleia Geral, ou seja, aquilo que os presentes à Assembleia Geral, em qualquer número, votar, estará valendo. Por isso a responsabilidade de emitir opinião sobre o que for abordado, a responsabilidade de conversar e convencer.

   Conversando com o Maurício Ramos (Vice-Presidente do Sindimetal Rio) ele me falou que a Administração se predispõem somente discutir Cláusulas Sociais: Cláusulas Sociais são as cláusulas que não geram um desembolso algum da parte da Estatal, ou seja, discutem-se seguro de vida, abono de faltas e atrasos, condições de segurança e higiene do trabalho, etc. Mas, e as Cláusulas econômicas? Segundo o Sindimetal Rio, Estatal ser recusa discutir Piso Salarial. O Piso Salarial, para os Candidatos, em Nível Fundamental, em 2014, continua a ser o valor irrisório de R$ 898,00 (leia).

   A posição do Maurício para mim, desde a 1º ligação, é que o Sindicato não aceita negociar Acordo Coletivo de Trabalho, se o Piso Salarial do pessoal for proposto pela Estatal abaixo do Piso do Sindicato.

  Mas há um Problema: O Nilo pediu para estar nessa reunião do dia 14. Segundo ele, ficou combinado que ele iria, mas não foi convocado no dia. Então não temos a interpretação do Trabalhador sobre o que foi dito... Temos, somente, os Pontos de Vista do Sindimetal Rio e do Diretor do SINTEC Rio.

  Precisamos de um terceiro Ponto de Vista: o ponto de vista da Estatal, antes de irmos à Assembleia Geral, na data marcada.

   Segundo informação do Trabalhador que participou da Negociação da Pauta com o SINTEC, a Administração da Estatal se recusa a pagar Piso Salarial de Metalúrgicos Naval aos Empregados da Estatal e a seguir Convenção Coletiva. A Administração da Estatal propõe que as Cláusulas Econômicas sejam discutidas, mas depois de discutirem as Cláusulas Sociais.

   Mas, que tipo de Acordo Coletivo de Trabalho poderemos ter a partir daí, quando a Administração da Estatal, segundo nos informaram, se diz contrária a aplicação de Pisos Salarias majorados pela CCT/SINAVAL? Sem saber quais são as propostas feitas pelo Sindicato, sem saber quais as contrapropostas feitas pela Estatal, ou vice-versa, fica difícil.

   Minha opinião continua a mesma: Se a Administração da Estatal se recusa a falar sobre Salários, o Sindicato tem a obrigação de alimentar o Ministério Público do Trabalho de informações que ajudem os Trabalhadores a receber piso salarial da categoria, não que o Ministério Público venha a nos ajudar nesse sentido, mas inibir que a Estatal atue em duas linhas, pois, segundo ATA de Audiência, com a Procuradora do MPT, o Advogado da Estatal respondeu e assinou a seguinte afirmação: "que a empresa está trabalhando na elaboração do plano de cargos e salários para tentar se enquadrar nos pisos salariais". Isso, diante da Procuradora Isabella Gameiro da Silva Terzi.


Acima, Procuradora quer saber se há Tratativas do Sindicato com Administração da Estatal na elaboração de PCS.


Resposta do Advogado da Estatal à Procuradora do Ministério Público do Trabalho (MPT). Embora, todos nós, Empregados da Estatal, saibamos que a Estatal contratou a FIA, uma fundação da iniciativa privada, e pagou o Valor de R$ 894.450,00 (oitocentos mil quatrocentos e cinquenta reais) para elabora um PCS. Creio que o Plano de Cargos e Salários esteja pront, ou isso, arts. 78 a 80, da Lei 8666/93. 


Retirado do DOU.
Se não for o Ministério Público intervindo no cumprimento da Lei e na preservação do Direito Coletivo, quem mais o será?

73 comentários:

  1. Se liga Alexandre. Você fica aí perdendo seu tempo cara. reparou na cara dos "empregados públicos" da "estatal"? Eles estão felizes com o pouco que ganha. Você pode mudar sua vida dirigindo seu tempo e atenção para sua formação.

    É por isso que na ilha eles não gostam de você. Porque você vê as coisas errada e acha que tem conserto. A diretoria da empresa sabe quem trabalha pra ela. Por causa disso que eles paga esse salario de fome.

    Cuida da sua vida. As coisa que você escreve deveria fazer aquele pessoal tomar vergonha na cara mas eles não vê a hora de você ser mandado embora pra continuar a vidinha deles de ganhar letrinhas, tirar 10 na avaliação pra pegar pl de 300 reais.

    Essa empresa não merece um homem igual a você não. Você tem visão. Mas aquele pessoal lá nem profissional sao. Eles merece comer o pão que o almirante amassou.


    Um cara que te admira por causa da sua coragem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Posso garantir a você que sua observação não se aplica a todos.

      Há profissionais na Estatal. Homens com experiência. O fato de eles não saírem da Estatal não quer dizer que ele sejam maus profissionais.

      Há homens dispostos a saírem agora mesmo para ATOS se protestos, mas tenho que confessar: São poucos.

      Excluir
  2. Quanta bobagem VC perdeu seu tempo pra escreve isso .O BOM JULGADOR POR SI JULGA.

    ResponderExcluir
  3. Alexandre meu comentário O BOM JULGADO POR SI JULGA SI REFERE AO PRIMEIRO COMENTARIO NÃO AO SEU

    ResponderExcluir
  4. Quero agradece o Alexandre pela coragem dele. Tenho orgulho muito grande de ter você como amigo de trabalho. Sua coragem e determinação. Seu desejo de justiça vai vir. Não se intimida com ameaças e humilhação não. Vai com tudo pra cima deles mpt, desembargador e conte com meu apoio pro que de e vier.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você e trabalhadores entendessem que:

      1º não tenho orgulho ou prazer nenhum em escrever aqui; entendessem que, se fosse possível, eu encerraria esse trabalho hoje mesmo.

      2º os Atos de Protestos silenciosos dentro do AMRJ, na hora do Almoço, cujas convocações em postagens nesse Blog, não tinham por objetivo se perpetuar, mas convencer os Trabalhadores a se reunirem em Frente à Sede da Estatal para "forçar" um diálogo. Lá, os Protestos seriam ao Som do Hino Nacional. Isso foi o Planejado. Não estava no planejamento nada além do que isso. Tivemos a ajuda do Almirante Mário (Diretor do Arsenal (AMRJ) que se comprometeu a ser um mediador a nossa humilde petição, tivemos a resposta da Estatal e convocamos os Trabalhadores a irem à luta, no HEMORIO e, depois, no MPT. Só que a resposta dos Trabalhadores, em sua "grande" maioria, foi: Minha luta é na justiça, não vou me "expor".

      3º não busco simpatia, reconhecimento ou inimizade de ninguém, não peço nada a ninguém para escrever aqui, tudo aqui é fruto da indignação de um Pai de família trabalhador, mas fiz a minha parte nos três anos à frente desse Blog, mas não obtive o sucesso desejado: que houvessem mudanças.

      4º esse Blog continua aberto, até eu ser demitido ou pedir demissão.

      então, não achariam jamais que faço isso por prazer, mas por que sonhei.

      Excluir
    2. É isso que eu acho estranho Alex. Quem planejou o quê? Vc sozinho? Vc, Nilo e seu João? Quando foi que o pessoal foi chamafdo pra ajudar nos planos? O todo mundo disse era que Vc amarelou por causa do cenimar do almirante Mario que te pressionou e mandou para as manifestaçao no amrj. Eu que entro no seu blog todo dia e antes de sabe que Vc era o bloguero já vi Vc discutindo na fila do rancho geral várias vezes com os fuzileros naval sabia que Vc não ia amarelo e tava certo por que entendi que Vc se decepcionou.

      Eu não vi um torretinha sequer. Ninguém sabia desse plano de protestar na sede. De hino nacional. Pra mim vocês tavam fazendo manifestacão igual os servidores fizeram. Só isso.
      Acho que se vcs planejaram tambem tinha que fazer a divulgação pra todo mundo ser alcançado nao acha?

      Excluir
    3. Houve a convocação. Querendo ou não, o Blog se tornou a tal da torretinha (se é que o nome é esse).

      Contra minha vontade pessoal e de outros trabalhadores, Nilo marcou, na época, a reunião para definir os rumos dos protesto no AMRJ e as Manifestações, na CTB. Envolver o Sindicato foi contra a minha vontade porque a falta de eficácia do Sindicato me decepcionou primeiro que a recusa dos trabalhadores em seguir adiante.

      Ouvi, durante a semana anterior à convocação, as mesmas xurumelas de sempre: "Eu não vou perder meu tempo com conversa fiada que não resolve nada". Aí, apenas quatro dezenas dos 915 trabalhadores compareceram à reunião; dessa omissão está o não saberem de nada e ficarem à mercê de boatos e sendo influenciados por informações plantadas.

      Mas, ainda assim, estiveram presentes, na CTB, umas 40 pessoas que ficaram sabendo do rumo das ações, opinaram e concordaram com o proposto por mim por acharem viável pôr em prática o planejado na CTB, uma vez que a agonia com os cortes dos pernoites, serões e hora extras, aparentemente, tinha deixado o ambiente propício para os Atos de Protestos e Manifestações, conforme o combinado. Foi uma avaliação errada da situação.

      Resumindo: A Juíza Gláucia não discordou da colega dela e entregou os trabalhadores à própria sorte, o Sindicato se mostrou ineficaz e ineficiente, em fazer a Estatal pagar os salários justos aos trabalhadores, após a Estatal ter depositado os impostos sindicais anuais na conta dele, e, infelizmente, o último esforço de irmos à rua , não usando a força, mas a inteligência com Ato preciso que poderia ter trazido a divulgação positiva sobre a agonia sofrida.

      Falhei e ponto. Mas isso não significa que vou ficar calado.

      Posso até não contar com a coragem da massa de trabalhadores para realizar Atos de tamanha envergadura, mas isso não quer dizer que vou ficar quieto e deixar de invocar o MPT, MPU, PGU, TCU, enquanto eu estiver trabalhando na Estatal, não por sadismo ou vingança tola, mas por que minha família, a do João, do Nilo e outros trabalhadores de luta sofrem com as injustiças salaria, isso sem merecer.

      Excluir
    4. Entende que to falado brincando né?

      Alem de cara de pau você é teatral Alex.

      Nunca que alguem da alta cupula vai receber comissão de trabalhadores que vc estiver dentro. Se eles disserem alguma coisa voce diz sorria vc esta sendo gravado.

      Kkkkkkkkkkk

      Cara vc fala coisas muito duas. Por isso que o pessoal quer ve sua caveira. lendo as verdade que você escreve da pra entender porque seu blog tem tanta repercussao .

      Excluir
  5. Alexandre vamos ou não na ASSENBLEIA oq rh falo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje, eu e Nilo estivemos no RH, no AMRJ, e perguntamos a Tatiana se a Geovanna, chefe do RH, na Sede da Estatal, respondeu nossa solicitação. A Tatiana disse que conversou com a Geovanna e a mesma disse que estava muito ocupada, hoje (17/4). Até o final do dia não nos convocou.

      Temos que ir na Assembleia sim. Será tomada de decisão e quem estiver lá, presente, na hora, decidirá algo que "pode" ter reflexo em nossos direitos. Devemos ir e questionar o Sindicato, discutir o tema apresentado e tentar entender o que não nos explicaram, isso, antes de votarmos com "SIM" ou "NÃO".

      Voltando ao assunto da Reunião pleiteada com a chefe do RH, na Sede: se, até segunda-feira, 20/4, a Geovanna nos permitir esse diálogo, na Assembleia mesmo daremos o ponto de vista da Estatal sobre sua proposta ou contraproposta. Se for permitido, é claro.

      Excluir
    2. Entende que to falado brincando né?

      Alem de cara de pau você é teatral Alex.

      Nunca que alguem da alta cupula vai receber comissão de trabalhadores que vc estiver dentro. Se eles disserem alguma coisa voce diz sorria vc esta sendo gravado.

      Kkkkkkkkkkk

      Cara vc fala coisas muito duas. Por isso que o pessoal quer ve sua caveira. lendo as verdade que você escreve da pra entender porque seu blog tem tanta repercussao .

      Excluir
    3. Por que não é para falar a verdade no blog? acho que você está equivocado (a), se alguém está com medo de ser filmado ou gravado, você deve estar comprometendo o que você chama de" alta cupula". Não julgue o que não é de seu conhecimento.

      Excluir
    4. Amigos lutamos anos eh anos na justiça pra ganharmos salário justo da categoria digo metalúrgico passamos por várias manobras dos advogados da empresa agora chegou ah nossa hora de barra todas as manobras obiscuras que possa vim contra nos vamos aprova oque ganhamos por direito salario justo de METALÚRGICO $ 2.350.

      Excluir
    5. "Por que não é para falar a verdade no blog?"

      Tem de dizer sim. Mas acho engraçado o Alex achar que a empresa vai aceitar conversar com ele.

      Excluir
  6. essa discussão me fez lembra fé uma assembléia que teve na Rio branco com outro sindicato que o pessoal da sede foi liberado mais cedo e lotou o auditório e por aclamação o não foi a maioria e a empresa não conformado falou com a presidente do sindicato e a votação mudou para a sede do sindicato das calcinha e perdemos será que o pessoal da sede vão d ônibus como sempre aconteceu

    ResponderExcluir
  7. meu comentário se tem engenheiro q ganha o piso de engenheiro por que botou na justiça e tem pedrinho q ganha o piso de metalúrgico por que também boto na justiça
    Então não tem papo vamos ver a proposta da empresa e vamos votar se for piso igual o CCT se não processo se já tem gente ganhando
    e não adianta achar q se um ganhar todos ganham da pra v q isso não funciona só vai funciona se bota ns justiça que não quiser só lamento
    e a respeito de sindicato vê o melhor se vc tec acho q e mais vantagem o sintec corre atrás e bota na justiça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Usa os sinais de pontuação se não ninguém entende o que você escreve.

      Excluir
  8. voces ficam ai dando ibope pra esse tal de alexandre. o cara chama todo mundo de medroso e ainda tem gente que fica elogiando.

    eu nao vejo a hora dele tomar a liçao dele. pra servi de exemplo. quem nao ta conformado mete o pe, e simples assim. o arsenal tem duas portas de saida pra rua. e so escolhe uma delas e nao volta mais.

    fica quem quer. eu nao to la obrigado. ninguem ta la obrigado. e por causa isso que nenhum juis manda a empresa cumprir convençao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é mentira dele? Quase 30 comentário e tudo anonimo . Nem voce que quer ver ele se prejudicado nem eu nem ninguem nesse blog se identifica igual elê. . A gente xinga, humilha o cara mas nenhum de nós tem culhão igual o dele. o O feito dele vai ficar na história. Por mim o Alexandre você não devia fechar o blog mesmo se ele sair, para que alguns dos seus difamadores falem mentira sobre suas mensagem. Igual esses mesmo covarde que te calunia hoje caluniaram o jonas tambem.

      Excluir
    2. Boa noite.
      Porquê vc não vtnc, o companheiro esta lutando por vc tbm, e se o aumento e os benefícios vierem vc vai rir atoa anão ser que vc faça parte da banda podre da diretoria pois se vc for pião tu é bem safado.

      Excluir
  9. Quem pode fazer ah empresa paga oq ganhamos na justiça por direito somos nos unido para dizer não as propostas sociais e sim para oque temos direito salario 2.500 não podemos abri mão disso queremos justiça

    ResponderExcluir
  10. Puta que pariu esses milicos da emgepron não muda mesmo, sempre sacaniando os trabalhadores, por isso meti o pé dai. botei na justiça tambem. eu não quero nada que é deles só quero o que é meu de direito.

    ResponderExcluir
  11. diminui gastos de casa, a oi cortou a internet e telefone, to no gato a quatro meses, a light me multou em 1500 por causa do gato, to com nome mais sujo que pau de galinheiro na praça e nao nao consigo nem fazer a compra do mes com o salario que recebo. Essa casa é boa mas os donos da casa sao umas merdas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. deixa de ser frouxo, procure uma empresa que lhe pague um salario digno, vc é um profissional dê o devido valor , existem milhões de empresas no rj.

      Excluir
  12. Alexandre tem como escrever um resumo. Não vai dar pra eu ir na assembleia não.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  13. Alexandre oh rh si pronucio ah respeito da reunião com vcs

    ResponderExcluir
  14. essa porra tem que ser denunciado na midia,o maior exemplo de que da certo e a petrobras,pois se hoje todo mundo ficou sabendo foi gracas aos trabalhadores,piao, isso sim foi os proprios pinhoes que os denunciaram.ACORDA PIAOZADAS VAMOS BOTA A BOCA NA MIDIA TAMBEM,DESMASCARA A CORRIPITA EMGEPRON.

    ResponderExcluir
  15. Nossa meta hj eh não ao descaso com os funcionários eh ah justiça QUE PAIS EH ESSES

    ResponderExcluir
  16. Galera !!! Boa noite !!! muitos de vcs não sabem, porem, se a bomba q estourou na petrobras estourar na emgepron, ficaremos sem salario e muitos serao mandados embora, se nao todos os funcionarios... sei disso pq tenho amigos q trabalham em empresas ligadas na operação lava jato e foram mandados embora e n podem ir pra outra empresa pq no sistema consta como funcionarios, pois, com o inquerito em andamento a empresa nao consegue desvincular o funcionario, algo bem complicado ... entao vamos parar de torcer pra q a emgepron se foda em algo semelhante e fazer uma greve tpo os rju's ou a galerinha q parou a ponte mês passado ou retrasado nao me recordo. Mês que vem no maximo ate o 12° dia util do mês pra que divulguem e todos os trabalhadores se unem para um proposito em comum!

    ResponderExcluir
  17. amiguinho vc nao quer que a emgepron se foda mas ele quer que vc e sua familia se foda...

    ResponderExcluir
  18. divulgar o que no 12 dia,que resolveu estudar em nos pagar,para de ser otario emgepron nao quer ver nossas familias sorrir mesmo..

    ResponderExcluir
  19. ta maluco? falei p fazer greve em no maximo o DECIMO SEGUNDO DIA DO MES QUE VEM ...

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para a pessoa que pediu para eu ligar, meu telefone está cortado; mas vou postar o vídeo da Assembleia Geral. Ainda não postei por que estou com dificuldades de publicar o vídeo no Blog pela celular devido o vídeo ser muito grande e a velocidade de upload ser lenta.

      Excluir
  21. Alexandre por favor esto de férias fora do Rio de janeiro vc pode dizer si aceitaram ou não a proposta da empresa

    ResponderExcluir
  22. Obrigado Alexandre pela sua boa vontade para comigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou tentando upar o vídeo da Assembleia Geral. Assim que estiver upado, disponibilizo.

      Excluir
  23. transitado e julgado mas a empresa que joga as cartas...so no brasil mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nessa Assembleia , quando o Alex falou que temos que entender que brigar contra a Emgepron não é o mesmo que brigar contra uma multinacional, me passou pela cabeça se não é hora de deixarem o "orgulho" de lado e assumir que sozinho não vence a luta. A Advogada do Sindicato quase garantiu a vitória na Ação Rescisória, ignorando a família Medina (ainda bem que o MPT está no páreo).

      Até os partidos políticos buscam as mais variadas coligações em suas ambições pelo poder, mas o Sindimetal não, tem sua auto suficiência.

      O piso salarial dos profissionais metalúrgicos navais é um direito e dele pelo menos 99/100 dos trabalhadores não abre mão. Agora, não vejo essa mesma parcela de trabalhadores preocupada com qual sindicato vai representá-la, se o piso salarial for o igual ao da CCT/SINAVAL.

      Por mais que as Advogadas do SINDIMETAL tentassem minimizar a astúcia jurídica do Advogado de Um Milhão e Meio de Reais que a Estatal contratou, seria melhor não substimá-lo. Até porque já ouvi que era "quase" impossível a Estatal fazer o recurso de revista e conseguiu, "quase" impossível ir ao tst e foi, "impossível" de não cumprir a sentença e não cumpriu. Resumindo: "Precaução e caldo de galinha não fazem mal a ninguém".

      Como o que foi dito nessa Assembleia Geral já havia sido dito em outras, não me senti entusiasmado com nada ali. Apenas consciente de que o longo e tenebroso inverno, em que vivemos, continuará.

      Ao meu ver, a situação humana está acima de qualquer pragmatismo e convenções sociais; o ser humano está acima até mesmo das instituições. Então, ao meu pensar, o SINDIMETAL deveria reavaliar suas estratégias e solicitar uma reunião com os demais "chefes" de Sindicatos, exceto o das costureiras "autônomos", e fazer uma aliança em que se reconhecem mutuamente a CCT/SINAVAL.

      Excluir
    2. So quero saber que maconha é essa que você anda fumando Alex? A Empresa tem repasse de milhões de reais destinado para pagar o efetivo. Nilo mostrou pra gente. O Alexandre aquele do ctms tambem mostrou o documento. do dest. Eles não dão aumento pra gente é por pura maldade mesmo.

      Excluir
  24. Alexandre lendo o seu comentário note que o Sindimetal esta muito confortável com a situação deles lembro que receberam mais de TRÊS MILHÕES e vão recebe outras vezes sendo assim pra que si preocupa agora com nossa situação si a situação deles esta muito confortável .Mais acho que não devemos abri mão do que conquistamos.Nosso piso salarial.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A situação deles é confortável, e é natural que seja, afinal, têm a imunidade quase diplomática de não serem demitidos, enquanto diretores. Nota-se esse conforto, principalmente, no julgamento, que julgo um tanto sarcástico, do Alex sobre o "heroísmo" em os trabalhadores esperarem a vitória final, após 20 anos de luta que, até o momento, tem sido inglória, embora não descarte o estresse em que eles vivem. Esse estresse é nítido nos rostos e sinais corporais em alguns deles.

      Nunca abrir mão de direito algum, essa é a tônica da coisa. Mas lembrar-se, apenas, que a Estatal ainda não pôde ser vencida, de fato, pelo Sindicato em um momento político em que eles são base de governo do partido que está no poder. Lembrar-se que a folha de pagamento do pessoal da Estatal é da exclusiva responsabilidade dos OM's da Marinha do Brasil, então o MPOG e o Ministério da Defesa são os responsáveis pela alteração salarial. Se não há previsão de Orçamento que prevê essa alteração salarial, nunca que um Diretor-Presidente da Estatal irá apoiar reajustes salariais, nunca que desengavetará PCS feito pela Fundação Instituto de Administração "FIA".

      Que se unam as forças (uma vez que o Wallace disse, novamente, que a luta do Sindicato não visa fins financeiros, nem impostos, nem associados, nem números de representados, se conjectura que visa somente o bem maior, o indivíduo) todos os sindicatos envolvidos no início dessa luta por representar os trabalhadores da Estatal, como o SENGE, SINTEC, SINDICATO DOS ADMINISTRADORES e, juntos, se empenhem na solução das questões salariais dos trabalhadores, tendo por base a CCT/SINAVAL.

      Da rivalidade entre os Sindicatos pode-se crescer, aprender, cooperar.

      Excluir
    2. Meu companheiro Alexandre depois que ouvi a juíza dizer para a advogada do sindicato, porque você não entra com mandato de cumprimento de sentença e a advogada perguntou baseada em que, e a juíza respondeu, em tramitado e julgado minha filha , e ainda escutei que ela não tinha que ensinar o trabalho da advogada. Joguei a toalha com o sindicato.

      Excluir
  25. eu prefiro acreditar em papai noel !!!!!!

    ResponderExcluir
  26. eu já sabia!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  27. amanha todo mundo trabalhando sem reclamar hen.......

    ResponderExcluir
  28. é mais fácil ganharmos no: rio de premios, na raspadinha,na tele sena, no bicho, no bingo,nas cartas,namega sena,jogos de caça niquel.......etc do que ganharmos da emgepron.

    ResponderExcluir
  29. Estamos esperando o que, pra fazer uma greve ?!

    ResponderExcluir
  30. Isso faça greve vc!!!! será um futuro demitido ! Enquanto isso os pelegos iriam ganhar do mesmo jeito. O que a empresa quer e que vc se revolte, ai ate o direito que vc pensa que tem lhe será negado.

    ResponderExcluir
  31. Olha na boa acredito que nossa empresa esta fazendo de tudo para nos beneficiar.
    1)Inclusive não dar aumento.
    2) Aumentar a sexta em R$ 1,00.
    3) Aumentar o desconto do Panse.
    4) Investir em políticas de desconto progressivo. Ex 1 atraso vc desconta R$1,50 mais com mais 3 atrasos vc descontaria R$50 reais mais o descanso remunerado.
    5) Instituir a política religiosa fundar um templo budista que pregaria o abandono dos bens materiais. ( não teria mais pagamento ganharíamos 30 pães secos e 60 litros de água barrenta.)

    ResponderExcluir
  32. Por que na reunião não aceitaram se unir com o Sintec?

    ResponderExcluir
  33. Quando vai ser ah próxima reunião entre sindicato e empresa

    ResponderExcluir
  34. Pode ser quantas forem mais não vamos abri mão do que ah justiça nos deu salários diquinos pra sustenta nossa família

    ResponderExcluir
  35. de reunião e reunião quem sofre é o pião.

    ResponderExcluir
  36. Aliar-se ao SINTEC pra que? Nunca fizeram nada e apareceram pra tumultuar o processo. Os técnicos repudiam esse sindicato, não confiam no cidadão que todos sabem quem é e que o nome não merece ser pronunciado. Se tá ruim assim, pior será com o SINTEC. NÃO AO SINTEC. PROCUREM NESSE LINK ALGUNS DOS PISOS DE TÉCNICOS REPRESENTADOS POR ELES, CLIQUEM NO ANO CORRESPONDENTE http://www.sintec-rj.org.br/acordos.php

    ResponderExcluir
  37. acham que ta ruim? acham que o corte do serão depois do expediente, sabado, domingo, feriado, extraordinários e pernoites pirou a situação? Vcs nao viram nada. Tem coisa pior. Imagina cês chegar no dia 1 e não ter pagamento? vai no dia 2 e tambem não tem pagamento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai amigo será o fim pois estamos ferrados e mal pagos . Se a empresa nem quer pagar fica impossível.

      Excluir
    2. vc só fala besteira,empresa publica federal atrasar pagamento só se for de pirraça....ela não depende de produção,de lucrar para nos pagar, emgepron não é uma empresa privada que vendeu tem se não vender não tem...nosso dinheiro já é incluido junto com o orçamento anual (LOA).

      Excluir
    3. Já pensei assim... Mas, até onde aprendi nessa dura senda em busca de classificação no limite de vagas em concurso público, folhas de pagamento de pessoal de Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista têm que ser pagas pelas próprias Estatais, se estas EP's atuarem no meio econômico competindo com Empresas da iniciativa privada, que são caso da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Petrobras, Embraer, Emgepron etc., ou seja, essas administrações indiretas nãos podem usufruir do erário público, da fazenda pública, mas, nos casos das EP's, todo seu lucro (nos casos da EP's) são entregue ao seu único acionista, a UNIÃO, e o lucro das SEM's é dividido entre os donos de ações vendidas na Bolsa de Valores e a União; a única exceção à usar o dinheiro público, mesmo sendo uma EP de capital exclusivo da União, são os Correios (ECT) que, por força da Constituição Federal, prevê o monopólio nesses serviços postais objetivando direito à correspondência para todos os brasileiros e estrangeiros, mesmos os residentes em locais ermos que não seriam viáveis economicamente para a iniciativa privada. A ECT recebe subsídios financeiros do Governo Federal.

      Esse site abaixo sintetiza bem as contradições e o regime híbrido em que vivem os Empregados e a própria Administração das EP's e SEM's:

      http://www.viajus.com.br/viajus.php?pagina=artigos&id=2173

      Excluir
  38. Gostaria si possível o Nilo nos apresenta a proposta antes de apresenta a empresa

    ResponderExcluir
  39. Alexandre e o video que voce gravou? tem como passar no blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os videos são muito longos e de boa qualidade, isso faz com que o upload seja mais pesado. Estou cortando o video em vários pedaços e reduzindo a qualidade dele para MPEG, talvez, eu consiga disponibilizá-lo mais rápido no Blog.

      Excluir
    2. Se liga ai pessoal, se vcs querem resultado o único jeito é bota a Emgepron no pau, ate o talo. Tem que fazer como os verdinhos estão fazendo, enfiar um processo trabalhista um atrás do outro, como os Rju costumam fazer.

      Excluir
    3. Tentei postar os vídeos, mas não consegui. Tentei jogá-los no Google Drive e no Dropbox e disponibilizar links como fiz com o áudio da Audiência com a Juíza, mas o upload é muito lento, só a parte 1 de 3 do vídeo está com mais de 1/5 Giga.

      Quem quiser tê-los por bluetooth é só me procurar na hora do almoço, ou final de expediente, no AMRJ.

      Excluir

Quando um homem perde a fé em algo, ele perde a motivação de lutar por esse algo.

Devida situação atípica, os Comentários estão abertos.