Essa Petição, logo abaixo, não foi boa para os Trabalhadores, Ministro Celso Amorim.

Temos a palavra do Vice-Almirante Marcelio que a Estatal não iria continuar recorrendo na Justiça, e temos a palavra do Ministro da Defesa Celso Amorim de que buscaria, junto à Estatal, uma solução que fosse boa para as partes, mas a decisão da Estatal de continuar recorrendo na justiça contra o Cumprimento da Convenção de Trabalho não foi boa para os Trabalhadores, Ministro da Defesa Celso Amorim.

Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que a praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

Juíza Gláucia mandando a Estatal apresentar Cálculos dos que não estão na tal "lista" à 21ª VTRJ.

Protesto pelo Cumprimento da CCT/SINAVAL: 23/9. Às 11h.

A Administração da Estatal tem um Prazo para Cumprir a CCT/SINAVAL, sob pena de multa.

A Administração da Estatal tem um Prazo para Cumprir a CCT/SINAVAL, sob pena de multa.
Nós sabemos que se esse Processo pela representatividade sindical chegou ao ponto onde chegou foi devido ao abuso financeiro à disposição da Administração dessa Estatal. Por isso, o Blog e o Companheiro "20 de maio de 2014" pedem que os Trabalhadores se preparem para voltarem à rua em forma de protesto. Iremos convocar os Trabalhadores para o 2º Grande Ato pelo Cumprimento da CCT/SINAVAL para os Empregados Públicos da Estatal, conforme decisão judicial, caso a Estatal negligencie o prazo dado pela Juíza e não cumpra a Convenção.

Saque o abono de R$ R$ 724,00. é necessário identidade, carteira de trabalho ou cartão do PIS/Pasep.

Têm direito ao abono de um salário mínimo (R$ 724) os cadastrados no PIS-PASEP há pelo menos cinco anos que tenham recebido até dois salários mínimos nos meses trabalhados. 

Para sacar o abono, é necessário apresentar carteira de identidade, carteira de trabalho ou o cartão do PIS/Pasep.

Jonas Victorino é aprovado no concurso de 1994. Trabalhou na Estatal até 1998.

Jonas Victorino é aprovado no concurso de 1994. Trabalhou na Estatal até 1998.
A Estatal tem um quadro com fotos e nomes de alguns trabalhadores que ela "intitula" como "bons colaboradores do ano". O blog elegeu o Bom Trabalhador da Emgepron, nas duas últimas décadas: Jonas Victorino. Ele tornou-se uma verdadeira lenda pela luta por representatividade Sindical Metalúrgica dos Empregados Públicos da Estatal.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

DIRETORIA DA EMGEPRON LUTANDO CONTRA OS TRABALHADORES DA EMGEPRON. SÓ ESTAMOS EXIGINDO O QUE É NOSSO POR LEI, NÃO ESTAMOS PEDINDO FAVOR NENHUM A VOCÊS.



Companheiros, embora no site do TRT não tenha aparecido a publicação do conteúdo daquilo que seria publicado em Diário Oficial, pesquisamos e descobrimos o conteúdo publicado nesse site http://www.imprensaoficial.rj.gov.br/portal/:


Processo: 0168800-03.2005.5.01.0021 - AIRRAgte: EMGEPRON - EMPRESA GERENCIAL DE PROJETOS NAVAIS [Adv. Carlos Gomes Moutinho de Carvalho (OAB: RJ 77410 - D)]Agdo: União Federal [Procurador Procuradoria Regional da União no Estado do Rio deJaneiro , Agdo: Sindicato dos Empregados de Agentes Autonomos do Comercio MRJ[Adv. Wagner Coelho da Silva (OAB: RJ 24831 - D)], Agdo: SINDICATO DOS METALURGICOS DO RIO DE JANEIRO [Adv. Sonia Ananias Citele Jardim (OAB: RJ 80778 -D)]Intimados os agravados para contraminutarem o Agravo de Instrumento e contra-arrazoarem o Recurso de Revista conforme a INº 16 do TST.


Talvez alguns companheiros tenham sido  informados do que foi tratado na Reunião entre os Companheiros Metalúrgicos da Emgepron e o Companheiro Maurício e o corpo Jurídico do Sindimetal. Mas para os companheiros que não estão informados: Não pensem que esse processo movido pelo SINDIMETAL RJ vai sair de graça não. Aqueles que desejarem saber qual o percentual que o Sindimetal vai receber em cima do montante à receber na execução da sentença, procurem o Companheiro Nilo, ele saberá informá-los.

4 comentários:

  1. Olha, com todo respeito, mas o sindicato não falou na reunião que o processo estava no papo. Eu não estava presente mas foi comentário geral no arsenal isso.
    Pelo que que você postou não está parecendendo que houve um ponto final nessa hi´toria.

    ResponderExcluir
  2. alguem ja sabe o percentual a ser cobrado?

    ResponderExcluir
  3. Liguei pro Maurício ele falou que do montante que cada um vai receber vai ser Cobrado de 5% a 15%. Se o Emgepron for sindicalizao será 5%,se não for será 15%. Acho que isso também é sacanagem do sincato, se eu já pago mensalidade ao sindicato a 7 anos e agora se eu receber ainda vou ter pagar 5% do que vou receber? Eles tão me cobrando duas vezes então...

    ResponderExcluir
  4. pois é como vc é sindicalizado teria auxilio juridico de gratis!

    ResponderExcluir

O espaço para comentários foi reaberto a pedido de trabalhadores.

Leiam com atenção, opinião postada por trabalhador:

BLOGUEIRO, ALEXANDRE ...SEJA LÁ QUEM FOR ...POR FAVOR NÃO PERCA TEMPO DANDO IBOPE A ESSES TIPOS DE COMENTÁRIOS CONTRA A SUA PESSOA OU CONTRA QUALQUER UM DE NOS. PUBLIQUE SOMENTE COISAS QUE VENHAM A SOMAR COM A NOSSA CAUSA.

(http://metalurgicosdaemgepron.blogspot.com.br/2014/09/acho-que-devemos-fazer-nosso-ato-de.html?showComment=1410555084709#c1740938286663715393)

Notícias do Blog Metalúrgicos da Emgepron

Loading...